quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Des-desesperar

Espero, como todos que esperam
Esperando, sem querer esperar
Desespero, como todos que esperam
Na esperança de "des-desesperar"

Julgo ver o tempo que passa,
Enganado pelo meu destempero
Pois o tempo - à semelhança da traça
Depois de traçado, é só desespero

O que traça o tempo que não passa?
Onde mora o fim do pesadelo?
Se soubesse, batia-lhe à porta
Matava-lhe e pronto; fim do desespero

Mateus Medina
12/10/2016


2 comentários:

  1. Sensacional... vc tem o dom da rima e das mensagens que fluem por elas.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado =)

    (mesmo você sendo muito suspeita :P )

    ResponderEliminar